1. Home
  2. Notícias

5 fatores pouco conhecidos no envio de dados sobre exames médicos ao eSocial

12/09/2018

No evento S-2220, que trata do Monitoramento da Saúde do Trabalhador, são informados os exames médicos e complementares realizados pelo trabalhador por solicitação médica, baseada nas atividades que envolvam os riscos especificados nas Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho. Também são identificados os possíveis fatores de risco que, por natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição podem causar danos à saúde do trabalhador. Confira agora 5 particularidades sobre esse evento e não caia nas armadilhas.

1. Especificação dos médicos responsáveis

É necessário mandar o nome do médico examinador e seu CRM. Este profissional deve ter seu nome citado no PCMSO, em que o médico coordenador o encarrega da realização dos exames médicos ocupacionais.

Também é necessário informar o nome do médico coordenador do PCMSO como profissional responsável pelo monitoramento da saúde na empresa.

2. Nomes de exames em códigos

Os exames são informados em códigos, seguindo a tabela TUSS (Terminologia Unificada de Saúde Suplementar). Por exemplo, o código 10101012 se refere à Consulta Ocupacional. Não esqueça de averiguar se está recebendo o código do seu fornecedor de exames ocupacionais!

3. Obrigatoriedade de interpretação dos exames

Há um campo de interpretação do exame em que são informados, obrigatoriamente, os códigos EE, SC e SC+ para os exames complementares previstos no quadro I da NR-7. Esta informação deve ser disponibilizada pela área médica que atendeu o trabalhador.

4. Sem constrangimento

As informações relativas ao resultado dos exames (normal, alterado, estável ou agravamento) não são informações obrigatórias no evento S-2220 do eSocial.

5. Multas em caso de incoerências

O valor da multa em caso de inconsistência no exame médico ocupacional, qualquer que seja o tipo do exame, consta no quadro abaixo:

Número de empregados com inconsistência no Exame Médico Ocupacional Medicina do Trabalho  
 
De 01 a 10 De R$ 3.343,31 a R$ 5.019,90  
De 11 a 25 De R$ 4.133,84 a R$ 4.940,85  
De 26 a 50 De R$ 4.944,14 a R$ 5.751,15  
De 51 a 100 De R$ 5.754,44 a R$ 6.541,69  
De 101 a 250 De R$ 6.544,98 a R$ 7.328,93  
De 251 a 500 De R$ 7.332,22 a R$ 8.139,23  
De 501 a 1000 De R$ 8.142,52 a R$ 8.949,53  
Mais de 1000 De R$ 8.952,82 a R$ 9.740,06

Fonte: esocial. sesisc.org.br

Fonte: esocial. sesisc.org.br

Outras Notícias

Plenário reafirma constitucionalidade da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)

21/09/2018
Por unanimidade, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão de quinta-feira (20), acolheu segundos embargos de declaração e deu parcial provimento ao Recurso Extraordinário (RE) 211446 para reafirmar...
Ler Notícia

BC regulamenta nova alternativa para o recebimento de remessa do exterior

21/09/2018
O Banco Central (BC) regulamentou nova alternativa do envio de recursos do exterior para o Brasil. O destinatório poderá receber o dinheiro em reais, depositado diretamente em sua conta corrente ou de poupança, sem a...
Ler Notícia

Associação de magistrados vai discutir cobrança de IR sobre auxílio-moradia

21/09/2018
Frente às recentes notificações da Receita Federal de que será cobrado imposto de renda sobre o auxílio-moradia dos magistrados, a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) vai reunir seus...
Ler Notícia

É publicada a ISO 45001 - Sistemas de Gestão em SST

21/09/2018
Segurança e Saúde  no ambiente de trabalho deveria ser a primeira preocupação para a maioria dos empregadores, no entanto, acidentes e mortes ainda ocorrem dentro das empresas. Para contribuir nesse sentido, a ISO...
Ler Notícia

Prazo para saque de PIS/Pasep termina em 10 dias

21/09/2018
otistas do PIS/Pasep com menos de 60 anos têm até o próximo dia 29 de setembro para resgatar os recursos do fundo. Depois do prazo, não será possível acessar os valores. Segundo o Ministério do...
Ler Notícia

+ Notícias

Nossos Produtos e Soluções